Chá Turco

Chá Turco

O chá (thcaí em turco) é o elemento importante da cultura turca e o hábito de oferecer chá para os convidados faz parte da hospitalidade turca.

Apesar de sua popularidade, o chá tornou-se a bebida amplamente consumida na Turquia a partir do inicio do século 20. O consumo do chá foi incentivado como uma alternativa ao café, que se tornou caro e às vezes indisponível no rescaldo da Primeira Guerra Mundial. Após o Império Otomano ter entrado em colapso em 1923, o café tornou-se uma importação cara. Atendendo ao pedido do fundador da república, Atatürk, o consumo do chá pelos turcos era facilmente sustentado por fontes internas. O café teve de ser importado, principalmente do Brasil, enquanto o chá era facilmente ofertado domesticamente.

Portanto, em 1878, Mehmet Izzet, governador de Adana, havia publicado o 'Rişalesi Çay' (Livro do chá) descrevendo os benefícios de beber chá para a saúde. Este acontecimento levou à abertura de várias casas de chá em Istambul, embora o café continue sendo a bebida quente preferida dos turcos. O Chá turco é tradicionalmente oferecido em pequenas xícaras em forma de tulipa que são normalmente seguradas pela borda, pois o chá é servido muito quente.

Os turistas que vão visitar a Turquia devem se atentar ao costume de que se uma pessoa turca convida-o para sua casa para tomar uma xícara de chá, você nunca deve recusar sem uma razão muito boa e legítima.

Quando você estiver na casa de um turco ou mesmo em uma loja, ou reunião de negócios, você nunca deve recusar o primeiro copo de chá oferecido, nem os biscoitos ou outros alimentos que, inevitavelmente, vêm junto com ele. Mesmo se você não gosta muito de chá, é recomendável que você beba uma xícara e, em seguida, quando lhe oferecem uma segunda, você deve aceitá-la graciosamente. Este segundo copo você não precisa tomar por inteiro. Quando você estiver satisfeito, goste ou não, deve-se colocar a colher de chá em cima da xícara do chá. Este é um sinal que você não deseja tomar mais chá. Se você deixar a colher de chá no pires, o anfitrião continuará a enchê-lo.

Se você tiver sorte e lhe oferecerem uma xícara de café turco, esta é uma grande honra, pois o café turco leva tempo e esforço para preparar.

Se algum vendedor convidá-lo para entrar em sua loja e tomar chá, isso não significa que você é obrigado a comprar algo, todavia você deve permanecer sempre educado e gentil.

Você pode aproveitar essa oportunidade para conhecer a pessoa, o que está sendo vendido e aproveitar essa experiência peculiar. Quando tiver terminado, e se você decidir não adquirir algo de sua loja agradeça profundamente. Eles provavelmente vão oferecer-lhe mais chá, mais uma vez, educadamente toque com sua mão direita sobre o coração e diga não, obrigado, curvar-se e deixe a loja. Dessa maneira, o vendedor não se sentirá insultado e você poderá ter descoberto algo sobre a cultura turca que você provavelmente não sabia.

Não foi sempre assim, embora a hospitalidade turca não tenha mudado desde o surgimento da nacionalidade turca, o consumo de chá como a bebida principal começou a se popularizar e ser um traço predominante da cultura turca somente após o início do século 20.

O chá turco é "a sinfonia nacional da Turquia, servido com amor e respeito, faça uma pausa e relaxe com o chá, um símbolo de paz, um gesto de graça e respeito aos outros”.

Uma história sobre o chá turco:

Simplesmente, um chá é família

A sogra dentro da casa dos noivados é como chaleira fervendo. Ela ferve, sem parar.

A noiva é como bule em cima da chaleira. Fervendo a chaleira, ela vem se aromatizando, colorizando e ficando cozida.

O noivo é como a xicara de chá. Encha ele com chá a sogra e noiva.

As crianças são como açucar. Elas saboream o chá.

A cunhada é como colher. Vem ocasionalmente, mistura o copo e vai.

O sogro é como prato de chá. Ele junta o que se quebra e cai...

Cadastre-se

Tudo o que você precisa para desenvolver uma parceria de sucesso duradoura na Turquia é a MTI.